Como lavar sua moto corretamente? Confira o passo a passo.

Aprenda como deixar seu veículo limpo de uma forma simples e fácil.

Publicado em 07/05/2024 por Rodrigo Duarte.

Anúncios

O processo de limpeza de qualquer veículo é fundamental não apenas para manter ele bonito, mas principalmente para conseguir garantir que ele siga funcionando da forma correta, até mesmo ampliando a vida útil de peças e componentes de uma forma geral. E isso vale também para a moto, que é um veículo feito pensando justamente nesta maior exposição, mas que necessita de um cuidado constante neste sentido.

Como lavar sua moto corretamente? Confira o passo a passo.

Enquanto muitos pilotos optam por levar a sua moto para que ela seja limpa em empresas que promovem essa lavagem, existem aqueles que preferem fazer todo o processo em casa, seja para economizar o dinheiro ou até mesmo como uma oportunidade de fazer uma verificação geral do estado mecânico da moto de uma forma geral.

Confira algumas dicas para lavar a sua moto da forma mais correta e efetiva possível para que ela fique completamente limpa:

Lave sempre na sombra

Anúncios

O primeiro passo é sempre procurar um lugar para que essa lavagem seja feita na sombra. Isso faz com que os pilotos acabem controlando e reduzindo os riscos de manchar a pintura das motos durante o processo, ou ainda danifique os plásticos quando determinados produtos secam rápidos demais.

Cuidado com o motor

Nada de sair lavando a moto logo depois de chegar em um determinado local com a mesma. É muito importante que as pessoas deixem o motor esfriar primeiro antes de iniciar o processo de lavagem. Além de ser uma medida de precaução, evitando que as pessoas se queimem, isso evita que produtos que geram espuma sequem rapidamente e manchem determinadas partes.

Movimentos sempre de cima para baixo

Anúncios

O movimento de lavagem da moto, de uma forma geral, sempre deve ser de cima para baixo, começando pelas partes mais altas e indo para as partes laterais. Isso vai fazendo com que a espuma vá escorrendo por toda a estrutura da moto, para que ela vá entrando na parte mecânica e também nas todas.

Uma ordem interessante para guiar as pessoas sem experiência é começar esfregando carenagens, painel e lentes, indo para o banco, e depois rabeta e área da placa.

Modere a força dos jatos

Normalmente as pessoas que lavam as motos em casa acabam não tendo os equipamentos mais adequados e profissionais para que isso seja feito. Por conta disso, é fundamental moderar a força dos jatos que acabam saindo das mangueiras. Caso não exista uma forma de controlar isso na ponta, o ideal é manter o fluxo da água menor na abertura da torneira. Caso a pessoa utilize uma lavadora de alta pressão, o recomendado é regular a abertura do leque para perto de um metro.

Atenção à parte mecânica

O processo de lavagem e limpeza da parte mecânica da moto também acaba exigindo que as pessoas tomem um pouco mais de cuidado, mesmo que a moto acabe tendo essas partes feitas de uma forma mais resistente a estas condições, é importante ter uma certa atenção. Nas partes com graxa e sujeira mais grossa, o ideal é usar um pincel ou brocha com cerdas firmes.

Utilize esponja de palha de aço nas rodas

As tradicionais esponjas de palha de aço, que são muito mais resistentes e conseguem oferecer uma força mais efetiva para a limpeza de uma forma geral, pode ser uma aliada interessante para limpar as rodas que estão muito sujas. Neste caso, a dica para conseguir limpar especialmente os raios é usar esta exponha embebida com saponáceo cremoso, que também é um produto que consegue ter uma maior efetividade. Neste momento, pode ser interessante esfregar os cubos e o sistema de freios.

Como secar corretamente

No processo de secagem das motos, antes de mais anda é importante começar pelas partes plásticas e lentes, utilizando sempre um pano macio. Uma outra dica interessante para secar ela de uma forma natural e mais efetiva e sair para dar uma volta com ela, fazendo com que o aquecimento do motor elimine a umidade do conjunto mecânico e dos freios.

Não esqueça da corrente

Este também pode ser um momento interessante para lubrificar a corrente. Neste caso, é sempre importante utilizar um óleo específico. Pode ser interessante aproveitar também para puxar o cabo da embreagem e pulverizar óleo desengripante em spray.

ESCRITO POR: Rodrigo Duarte - Jornalista formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), com especialização em Marketing Digital.